Problem Framing: por que é necessário fazer as perguntas certas?

problem framing

Problem Framing: por que é necessário fazer as perguntas certas?

Problem Framing: por que é necessário fazer as perguntas certas? 900 635 Insights UDS

Fazer as perguntas certas para adquirir o entendimento sobre um problema é, certamente, uma das etapas mais importantes no processo de criação de um produto.

Quando você compreende todas as dimensões existentes dentro de um problema é possível obter boas opções de solução para resolvê-lo e evoluir a melhor delas até produtos ou ferramentas validados.

Um processo de entendimento profundo, onde você enquadra o problema e faz as perguntas certas até conseguir chegar à raiz dele, é chamada de Problem Framing.

Por isso, neste artigo vamos compreender o que é e qual é a importância de utilizar essa metodologia no processo de desenvolvimento de um produto. Continue acompanhando a leitura e veja:

  • O que é o Problem Framing?
  • Quais são as vantagens de utilizar o Problem Framing?
  • Como funciona o Problem Framing?

 

O que é Problem Framing?

Antes de compreender o que é o Problem Framing, é preciso fazer uma breve introdução sobre o Design Sprint.

Design Sprint é uma metodologia imersiva de até 5 dias para entender, prototipar, testar e validar uma ideia ou conceito. A intenção é, a partir dessa validação, decidir sobre continuar ou não com o desenvolvimento de um produto.

O Problem Framing é, portanto, uma dinâmica de design thinking muito importante dentro do Design Sprint, pois possibilita o enquadramento e o real entendimento sobre um problema a ser resolvido no desenvolvimento de uma solução.

Esse método estrutura a pergunta-problema ideal que muitas vezes não está clara no início do processo. Mas que se feita da forma correta, poderá direcionar a algumas tomadas de decisões importantes no futuro.

Por isso, entender e definir a pergunta-problema é indispensável para garantir que a solução proporcione resultados satisfatórios ao final do processo.

Quais são as vantagens do Problem Framing?

O Problem Framing envolve aproximar o time designado para o Design Sprint (ou para resolver um problema isoladamente) do problema alvo a ser resolvido.

Apesar de ser essencial, essa técnica é muitas vezes negligenciada pelas equipes que, na expectativa de partir para a resolução do problema o mais rápido possível, esquecem que antes de tudo precisam fazer as perguntas certas.

É importante ter em mente que, embora esse método faça parte um processo ágil, para fazer um melhor enquadramento do problema é preciso investir um tempo maior no entendimento dele do que na resolução em si.

Por isso, conhecer quais são as vantagens que o Problem Framing oferece ao processo como um todo é indispensável. 

Veja algumas dessas vantagens:

  • contextualização geral do problema e seus componentes;
  • real conexão e engajamento do time nas causas e consequências do problema;
  • auxílio na tomada de decisões estratégicas;
  • compreensão sobre as reais necessidades dos envolvidos no problema;
  • redução de retrabalhos e custos;
  • agilidade na busca de soluções que atacam a raiz do problema.

Como funciona o Problem Framing?

Fazer as perguntas certas ao problema colocado é a melhor maneira de resolvê-lo. Há diversas formas de enquadrar a pergunta-problema, envolvendo profissionais de diferentes áreas. As etapas do Problem Framing vão desde a contextualização até a compreensão profunda do problema. Confira:

Contextualize o problema

O primeiro passo para o Problem Framing é contextualizar o problema e entender suas diferentes dimensões.

É necessário explicar o problema de forma clara. Para isso, escreva e deixe visíveis as causas do problema, suas consequências diretas e o processo, ou seja, como o problema acontece.

Pesquisar o mercado e soluções disponíveis para resolver o problema também é importante para contextualizar o desafio colocado. 

Essa etapa promove o alinhamento e integração de toda a equipe sobre o desafio que precisa ser resolvido e também sobre os primeiros recursos disponíveis para isso.

Compreenda as demandas dos consumidores e do negócio

Essa é uma etapa indispensável no Problem Framing, pois vai ajudar a determinar as necessidades do usuário. Assim como, entender a usabilidade do produto. Como ele se encaixa e se diferencia das outras soluções no mercado, a partir da jornada de compra do cliente e das pesquisas de mercado envolvendo as demandas do usuário.

E assim como o entendimento das necessidades do usuário é importante, compreender as demandas do negócio e como a solução se alinha ao core business da organização é imprescindível no Problem Framing, pois, auxiliará em um melhor enquadramento da pergunta-problema.

Foque nos resultados

No Problem Framing é importante identificar com clareza os resultados que a pergunta-problema, feita de maneira correta, poderá trazer ao negócio, aos usuários e ao mercado.

Por isso, focar nos resultados claros que a solução definida pela pergunta-problema deseja obter é indispensável no processo de Problem Framing, lembrando que o  enquadramento de um problema é apenas uma das possibilidades de definição sobre o desenvolvimento de uma solução, o que nos leva ao próximo passo. 

Esteja aberto à possibilidade de um novo Problem Framing

Estabelecer a pergunta-problema no processo de Problem Framing, não quer dizer que esta é a única solução possível para responder o seu problema inicial. 

Esse é um processo de refinamento e entendimento de um problema. Por isso, estar aberto à possibilidade de desenvolver outro processo de Problem Framing também é importante. E, certamente, mais vantajoso. Para o sucesso do projeto que, ao final, encontrará o enquadramento do problema ideal para proporcionar resultados satisfatórios para o negócio.

Estar aberto à isso, poderá ajudar na tomada de decisão sobre a continuidade do projeto, levando em consideração o Problem Framing identificado e definido.

O processo de Problem Framing é indispensável para que o design sprint seja efetivo.

Desse modo, a pergunta-problema deve ser bem estruturada para obter-se uma solução que realmente vai estar alinhada com o core business do negócio e com a necessidade do usuário. Assim como, que entregue valor ao mercado como um todo.

Por isso, investir tempo e recursos necessários nessa metodologia é uma estratégia essencial para as organizações que desejam alcançar resultados de alta performance em seu nicho de atuação.

Aqui na UDS contamos com uma vasta experiência e modelos de trabalho personalizados para fomentar a inovação e transformação digital em organizações.

Saiba como te ajudaremos a estruturar produtos digitais com agilidade: fale com nossos especialistas.