4 etapas da transformação digital na educação UDS

4 etapas da transformação digital na educação

Você já parou para pensar como a tecnologia pode proporcionar uma transformação digital na educação e nas escolas? Neste texto vamos mostrar algumas maneiras que podem remodelar a maneira de pensar e praticar educação.

Quando escutamos as palavras “escola”, “sala de aula”, “aluno” e “professor” o que vem em nossas mentes? Para muitos o modelo tradicional de educação: um docente à frente do quadro negro, carteiras enfileiradas, alunos em silêncio copiando o conteúdo.

Apesar deste cenário ainda ser o de muitas escolas e instituições de ensino superior, países e instituições têm apostado em novas metodologias e recursos para fazer do aluno o protagonista de sua própria jornada educacional  com recursos tecnológicos diversos no planejamento pedagógico, nas aulas e na gestão escolar.

Cenário atual transformação digital na educação

Segundo uma pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a internet chegou a mais de quatro milhões de casas brasileiras nos anos de 2017 e 2018. 

A quantidade de casas com acesso a internet era de 74,9% do total de residências em um ano e chegou a 79,1% do total no ano seguinte. O crescimento foi de 52,7 milhões para 56,7 milhões de lares, tanto pela internet móvel quanto pela fixa.

A geração que está adentrando as universidades hoje (Geração Z) é composta por nativos digitais. Nativo digital foi um termo criado pelo pelo professor e educador americano Marc Prensky, denomina todos aqueles que desde o nascimento convivem com tecnologias digitais.

Há alguns anos o mercado educacional percebeu que essa geração se engaja intensamente no mundo virtual e começou a oferecer mais recursos, como aulas EaD, canais de Youtube especializados, aplicativos como o Khan Academy, que só no mês passado registrou 300 mil downloads.

A pandemia do coronavírus impôs um grande desafio a todas as instituições educacionais e fez com que gestores, educadores e alunos se reinventassem. Apesar de muitos usarem a internet em seu dia a dia, a migração do presencial para o digital se mostrou desafiadora para a grande maioria dos profissionais, alunos e famílias, cujos lares viraram sala de aula e local de trabalho.

Neste cenário mais que nunca fica evidente a necessidade de uma transformação digital na educação, e as quatro etapas dessa transformação são:

1.Ferramentas e estratégias

Algumas ferramentas e estratégias que podem revolucionar a educação, tanto facilitando a vida do professor, diversificando os materiais didáticos e possibilitando novas modalidades de ensino.

2.Aulas por vídeo

Há muitas plataformas e aplicativos que possibilitam as aulas à distância, como Google Meet, Zoom, Teams, Skype, dentre muitos outros. Eles possibilitam o compartilhamento de tela, o que permite que os professores compartilhem textos, slides e vídeos com os alunos em tempo real.

3.Aplicativos

Atualmente, os professores dispõem de muitos aplicativos que ajudam a manter os alunos engajados e as aulas diversificadas: jogos educacionais, leitores de e-books, reprodutores de audiolivros e podcasts e simuladores de provas, de forma que os alunos podem se preparar melhor para provas, atividades em grupos e até concursos de ingressos para universidades.

4.Plataformas

Também existem muitas plataformas disponíveis no mercado onde uma instituição educacional pode criar um ambiente virtual de ensino e aprendizagem. 

Essas plataformas oferecem como um espaço para que os professores elaborem seus planejamentos e façam upload dos recursos que usarão ao longo do curso, possibilitando o uso de metodologias ativas como a de aula invertida.

As plataformas também aproximam a relação da escola com as famílias, ponto muito importante principalmente para os alunos que compõem as turmas de Educação Infantil e Ensino Fundamental em seus anos iniciais, já que muitos ainda não são alfabetizados e precisam do auxílio de um adulto para frequentar as aulas à distância.

Webcurrículo

Porém um ponto central para que a aprendizagem online seja concreta é significativa é o desenvolvimento dentro de cada instituição de uma cultura de uso ético e seguro da tecnologia, normas de conduta no ambiente virtual de aprendizagem, assim como a garantia que todos os envolvidos no processo educacional saibam utilizar com destreza todas as ferramentas.

Todos estes processos acabam sendo um webcurrículo, que deve ser concebido por todos os professores junto a direção e a gestão da escola.

Como transformar a minha instituição de ensino?

Para saber mais sobre como a tecnologia pode transformar a sua instituição de ensino, conte com o time especialista em Transformação Digital da UDS.

Fale agora com um especialista.

Compartilhe com seus amigos!