Desenvolvimento de Software Educacional

Desenvolvimento de Software Educacional: tendências e abordagens

A tecnologia está transformando a Educação em todos os níveis, desde o ensino básico até o superior. O Desenvolvimento de Software Educacional é uma parte importante dessa transformação, pois permite que educadores criem experiências de aprendizado digitais, mais personalizadas, envolventes e acessíveis. 

Para empresas que desejam construir seu negócio de aprendizado digital, ou expandir suas fontes de receita, a área se mostra promissora. No ano de 2021, por exemplo, 50% das Edtechs brasileiras (startups do segmento da Educação) experimentaram crescimento em seu faturamento. Dentre essas, 24% registraram um aumento significativo, ultrapassando a marca de 50% ou mais de suas receitas. Os dados são do Mapeamento Edtech 2022, realizado pelo Deloitte e Abstartups.

Esse ‘boom’ se deve em parte à pandemia do Covid-19, que acelerou o movimento de digitalização do ensino; mas também ao surgimento das startups, que acabaram consolidando novos negócios na área.

Neste artigo, exploraremos as tendências que estão moldando o Desenvolvimento de Software Educacional e discutiremos como essas tendências estão sendo aplicadas em diferentes contextos e empresas .

O que são e quais os tipos de Software Educacional?

Softwares Educacionais são programas de computador desenvolvidos com o objetivo de apoiar o processo de ensino-aprendizagem. Eles podem ser usados em diferentes contextos, desde o ensino formal até modelos de aprendizagem baseados na completa autonomia do aluno.

Eles são divididos em: 

Tutores: fornecem instruções e feedback aos alunos, de forma semelhante a um professor, corrigindo ações em tempo real ou fornecendo explicações técnicas sobre conteúdos.

Simulações: permitem que os alunos explorem conceitos e ideias em um ambiente seguro, simulando experiências e resultados aplicáveis em diversas disciplinas, como matemática e ciências. 

Jogos educacionais: oferecem uma maneira divertida e envolvente de aprender. Neles, alunos podem executar tarefas e adquirir recompensas enquanto aprendem. 

Plataformas de ensino online: permitem que os alunos aprendam em qualquer lugar e a qualquer hora. Elas podem ser usadas para oferecer cursos online, personalizar o aprendizado e apoiar a pesquisa.

Ferramentas de aprendizagem adaptativa: essas ferramentas ajustam o conteúdo e as atividades de aprendizado às necessidades individuais de cada aluno, adaptando-os de acordo com nível de conhecimentos, preferências pessoais, entre outros. 

Em seus diferentes formatos, esses softwares educacionais podem ser desenvolvidos tanto em aplicativos móveis, que oferecem aos alunos a flexibilidade de aprender em qualquer lugar e a qualquer hora; como em sistemas web, que podem ser usados para fornecer aos alunos acesso a conteúdo, atividades e avaliações via desktop.

EdTechs e a revolução na Educação

Pioneiras no Desenvolvimento de Soluções Tecnológicas educativas, as EdTechs estão transformando o método de aprendizagem convencional. Com um mercado global movimentando trilhões, essas empresas incorporam tecnologias como Inteligência Artificial, Gamificação e Realidade Virtual. No Brasil, mais de 550 EdTechs estão impulsionando o setor, especialmente na região Sudeste do país.

Já no cenário global, grandes players como Google, Microsoft e Udacity são líderes. Tecnologias emergentes como Internet das Coisas, IA e Realidade Aumentada estão moldando as inovações das EdTechs, proporcionando experiências interativas e personalizadas. 

Além disso, empresas como TikTok, Amazon, Google, Facebook e Microsoft investem significativamente no mercado educacional. Com a Educação 4.0, a aprendizagem contínua, o treinamento corporativo online e o empreendedorismo moldam as tendências em constante evolução. 

Mas quando um software pode ser considerado educativo?

A magia de um Software Educacional vai muito além de linhas de código e interfaces intuitivas. A verdadeira transformação acontece quando um software é concebido por meio de uma metodologia cuidadosa, integrando-se de maneira orgânica ao processo ensino-aprendizagem, bem como as melhores práticas de Desenvolvimento e Experiência do Usuário.

Entender o que torna um software verdadeiramente educativo é se aprofundar nos pilares da pedagogia digital.

1. Metodologia

Na busca por um Software Educativo eficaz, a metodologia é um ponto crucial. Para empresas que almejam criar ferramentas que realmente potencializam o ensino, é essencial considerar a integração entre a abordagem e a estrutura do software. A magia acontece quando a tecnologia é contextualizada, tornando-se uma aliada autêntica no processo de aprendizagem.

Para isso, é preciso contar com profissionais especialistas em Desenvolvimento de Software capazes de trabalhar com um alto volume de dados, escalabilidade e em uma UX que mantenha o estudante envolvido no processo.Sem esquecer, claro, da colaboração ativa de Pedagogos, envolvidos na metodologia de ensino e em como ela pode ser aplicada da forma mais adequada ao sistema ou app.

2. Da Algorítmica à Heurística

No âmbito da Aprendizagem Algorítmica, a ênfase está na transmissão de conhecimentos, enquanto o modelo Heurístico promove a exploração autônoma. Para uma empresa, é crucial compreender como seu software direciona a aprendizagem, seja através de instruções cuidadosamente planejadas ou da criação de ambientes dinâmicos que encorajam a descoberta independente.

Além disso, é preciso conhecer o usuário a fundo e entender quais as melhores escolhas para a sua experiência. Informações como hábitos de consumo e canais mais utilizados podem ser essenciais para criar interfaces familiares, programadas para a fluidez do aprendizado.

Tendências do Desenvolvimento de Software para o segmento educacional

Inteligência Artificial (IA) e Aprendizado de Máquina (Machine Learning – ML)

A IA e o Machine Learning estão sendo cada vez mais utilizados para aprimorar Automação, Análise de Dados avançada e tomada de decisões inteligentes no segmento Educacional. 

Por exemplo, a IA pode ser usada para automatizar tarefas repetitivas, como a correção de provas ou a geração de feedback personalizado. O ML pode ser usado para identificar padrões em dados, prever tendências e personalizar o aprendizado de cada aluno.

Desenvolvimento de Software Ágil

O Desenvolvimento de Software Ágil é uma abordagem que se concentra na entrega de software de alta qualidade, de forma rápida e eficiente. A agilidade é baseada em ciclos curtos de desenvolvimento, feedback constante do cliente e colaboração entre equipes. 

No segmento Educacional, o Desenvolvimento Ágil pode ser utilizado para criar aplicativos e plataformas educacionais que atendam às necessidades específicas dos alunos e professores.

Computação em Nuvem e Computação de Borda (Edge Computing)

A Computação em Nuvem é uma infraestrutura de TI que permite que os usuários acessem serviços de computação, armazenamento e rede pela internet. 

A Computação de Borda é uma abordagem que coloca a computação e o armazenamento de dados mais próximos dos usuários ou dispositivos. No segmento Educacional, ambas podem ser utilizadas para fornecer acesso a recursos educacionais a qualquer momento e em qualquer lugar.

Desenvolvimento de Aplicações Multiplataforma

O Desenvolvimento de aplicações multiplataforma é uma abordagem que permite criar aplicativos que funcionam em diferentes sistemas operacionais. Essa abordagem pode reduzir os custos de desenvolvimento e aumentar a eficiência. 

No segmento Educacional, o desenvolvimento multiplataforma pode ser utilizado para criar aplicativos educacionais que sejam compatíveis com uma variedade de dispositivos, como computadores, tablets e smartphones, facilitando o acesso. 

Internet das Coisas (IoT)

A IoT é uma rede de dispositivos físicos conectados à internet. Esses dispositivos podem coletar e transmitir dados para uma variedade de aplicações. No segmento Educacional, a IoT pode ser utilizada para coletar dados sobre o aprendizado dos alunos, como o tempo que eles passam estudando, as atividades que eles realizam e o desempenho nas avaliações. 

Com isso, esses dados podem ser utilizados para personalizar o aprendizado de cada aluno e melhorar o processo de ensino e aprendizagem.

Realidade Aumentada e Realidade Virtual 

A Realidade Aumentada e a Realidade Virtual são tecnologias que permitem aos usuários interagir com o mundo virtual de forma imersiva. Essas tecnologias estão sendo cada vez mais utilizadas em aplicações, desde treinamento até experiências do usuário mais imersivas. 

No segmento educacional, ambas podem ser utilizadas para criar experiências de aprendizado envolventes e interativas.

Como desenvolver seu próprio Software Educacional?

Desenvolver um Software Educacional pode ser uma empreitada desafiadora, que exige tempo e expertise, mesmo para empresas familiarizadas com a área de tecnologia.. Se a sua empresa não possui os conhecimentos ou recursos adequados para criar seu próprio Software Educacional, considerar a terceirização do desenvolvimento pode ser uma alternativa eficaz.

Dessa forma, a optar pela terceirização, sua empresa ganha acesso a uma squad de profissionais experientes, capazes de criar um software sob medida para atender às suas necessidades específicas. Além disso, a empresa terceirizada pode auxiliar na integração do software com outros sistemas existentes, assegurando sua segurança e proteção.

Entretanto, é crucial escolher uma empresa terceirizada com expertise comprovada no Desenvolvimento de Software Educacional. Verificar seu histórico de entrega de projetos dentro do prazo e do orçamento é essencial para garantir uma parceria bem-sucedida.

A seguir, alguns pontos a considerar ao analisar uma empresa terceirizada para o Desenvolvimento de Software Educacional:

  • Experiência no Setor Educacional;
  • Expertise nas tecnologias que são tendência no mercado;
  • Desenvolvimento centrado no usuário;
  • Possibilidade de personalização e escalabilidade;
  • Integração com sistemas existentes;
  • Segurança da Informação como peça-chave das entregas;
  • Suporte e manutenção acessíveis para sua empresa.

Todos esses pontos são sinalizadores importantes para a qualidade necessária ao Desenvolvimento de Soluções Tecnológicas de alta performance. 

Finclass: um exemplo prático

O Grupo Primo, liderado pelo influenciador financeiro Thiago Nigro, se destaca nas áreas de educação, tecnologia, investimento e mídia. Focando em inovação e acessibilidade ao conhecimento, a empresa desenvolveu a Finclass, o maior sistema educacional mobile de educação financeira do Brasil, em parceria com a UDS.

O desafio era audacioso: criar uma plataforma mobile de educação financeira com resolução 4K, qualidade cinematográfica, e capaz de atingir 1 milhão de assinantes em apenas um ano. A UDS superou obstáculos com intensos bastidores, incluindo um sistema de pré-aquecimento para a live de lançamento, que atraiu mais de 150 mil espectadores ao vivo.

Para dar seguimento ao trabalho, optamos pelo framework Flutter para desenvolver o aplicativo, garantindo fluidez e uma experiência de usuário excepcional. O app Finclass oferece uma das melhores experiências de aprendizado do mercado, com ampla personalização, integração com Vimeo e pagamentos facilitados via Hotmart. A infraestrutura de streaming, construída com soluções AWS, assegurou uma experiência cinematográfica e segura para os usuários.

E você, quer saber como a UDS pode te ajudar a também alcançar os objetivos da sua empresa? Visite nossa página oficial e conheça nosso trabalho. 

Tainá Aquino

Jornalista, especialista em copywriting e estrategista de conteúdos de tecnologia na UDS.

Materiais Ricos

Mais lidos

1

Desenvolvimento de Software

Quanto custa um software sob medida?

2

Todos

Vision Pro: o que é e como funciona o óculos da Apple?

3

Desenvolvimento de Apps

Linguagens utilizadas no desenvolvimento de apps Android e iOS

Posts Relacionados

Inscreva-se no nosso blog

Receba em primeira mão os conteúdos mais quentes da área de Tecnologia.