A dificuldade de contratar profissionais de TI impulsionou a busca pelos serviços de Outsourcing de TI (também conhecido como Body Shop, ou Alocação e Hunting de TI) e recrutamento terceirizado de talentos da área. Encontrar o perfil ideal de tecnologia é sem dúvida um dos maiores desafios dos mais diferentes tipos de negócios.

Uma breve pesquisa no LinkedIn já mostra um pouco da forte concorrência pela melhor pessoa tech. Um exemplo é que, só com a palavra-chave “desenvolvedor”, foram mais de 6 mil oportunidades abertas no último mês. A cada dia, este número aumenta, pois as vagas mais antigas não são preenchidas e novas aparecem.

Hoje, com a demanda por tecnologia apenas aumentando em múltiplos mercados, a tendência é que, cada vez mais, esse gap de profissionais de tecnologia seja prejudicial ao desenvolvimento das empresas. Um time de TI incompleto ocasiona uma série de problemas, que têm efeitos bastante negativos na companhia.

Por isso, contar com um parceiro especializado no tema de seleção de profissionais tech vem se tornando uma opção muito usada pelo mercado. Afinal, ter o apoio de um especialista pode facilitar muito a busca por esses perfis tão escassos.

Como o crescimento do olhar para Outsourcing e recrutamento terceirizado é mais recente, a contratação desses serviços traz muitas dúvidas às empresas. A maior parte delas a UDS resolveu neste post, porém um fator que pode afastar empresas de apostarem no Outsourcing ou Recrutamento de TI é o investimento envolvido na contratação dessas opções.

Sem conhecer o formato e o fluxo para contratar tais serviços, muitos negócios pensam que os valores serão altos e que ainda vale mais a pena internalizar a busca por profissionais de TI, mesmo que isso demore bastante tempo. 

Na prática, não é bem assim que funciona.

Abaixo, vamos entender quais são os custos de optar por cada um dos serviços.


Quanto custa o Outsourcing de TI? 

Este formato é uma terceirização, seja de um profissional, uma squad ou mesmo do time completo de tecnologia da companhia.

As empresas especializadas em Alocação de TI cobram um valor por hora, uma média de R$ 85,00 à R$ 260,00, de acordo com a senioridade e o conhecimento técnico do talento alocado.

Esse custo tende a ser maior do que se a empresa cliente contratasse o profissional e pagasse diretamente para ele. Porém, o Outsourcing de TI tem sido muito utilizado justamente porque, no valor por hora cobrado, estão inclusos custos importantes e que fazem total diferença para a contratante. fosse pago diretamente pela empresa ao profissional. 

Todos os direitos trabalhistas e as taxas operacionais estão cobertos e ficam por conta da fornecedora de Alocação de TI. Dessa forma, o cliente não tem nenhum custo adicional. O profissional tem contrato com a empresa de Outsourcing e eventuais questões trabalhistas não envolverão a companhia contratante.

Além disso, pelo negócio ser entre os CNPJs, normalmente existem garantias contratuais que trazem importantes vantagens. Esses pontos positivos fazem com que a Alocação de profissionais TI seja mais barata que a contratação direta pela empresa.

  • Rapidez para encontrar profissionais;
  • Rapidez para o profissional começar a trabalhar;
  • Garantia de competência técnica dos profissionais;
  • Flexibilidade para aumentar ou reduzir equipe;
  • Contratação sob demanda de acordo com a quantidade de trabalho/projetos necessários;
  • Reposição rápida do profissional;
  • Custo zero com equipamento.

Por tudo isso, o Outsourcing de TI acaba sendo uma das melhores formas de garantir o time de tecnologia completo sempre.


Quanto custa o Recrutamento de TI terceirizado?

O Hunting de TI é um recrutamento direto, mas que soluciona uma série de desafios. Os times de tech recruiters das empresas sabem muito bem o quanto complicado é contratar um talento de tecnologia hoje em dia. 

A empresa cliente contrata o fornecedor que irá ajudá-la a recrutar o profissional de TI ideal. Com o exemplo ficará mais fácil de entender.

- A Empresa A precisa de novos profissionais de tecnologia. Para conseguir preencher as vagas, ela conta com a ajuda da Empresa B, que vai encontrar esses talentos, conduzir o processo seletivo e, ao final do trabalho, apresentar o profissional ideal para a Empresa A.

E, ao contar com um apoio especializado, riscos são eliminados e vantagens bastante interessantes são trazidas para a empresa contratante.

Na imagem, um comparativo de Hunting de TI entre RH de empresas e a UDS Tecnologia.

Por ser mais comum até em mercados tradicionais, o Hunting de TI acaba sendo a porta de entrada de muitas empresas na terceirização. Porém, na hora de cobrar por este serviço, o mercado traz algumas variações de valores.

Na média, quando uma empresa atua no Recrutamento de profissionais de TI, ela cobra do cliente um valor fixo pela parte de seleção, triagem, aplicação de testes e entrevistas. Além disso, após o sucesso no processo seletivo, é cobrado um montante relativo ao primeiro salário do profissional contratado (normalmente, superior aos 100%) e os impostos.

Neste modelo, a contratante paga de forma mais pontual para ter um apoio na contratação de profissionais de TI. Não há um pagamento recorrente pelo serviço.

A UDS atua com o Hunting de TI, mas trabalha de forma diferente do mercado e só cobra se a contratação tiver sucesso. Ou seja, na nossa atuação com o Hunting, o cliente só paga em caso de vaga preenchida. Não há nenhum custo inicial e cobramos apenas uma remuneração do profissional admitido.


Afinal, o que é melhor: Outsourcing? Recrutamento? Não terceirizar?

Não há uma resposta certa, pois vai depender muito da necessidade e dos objetivos de cada empresa. Conhecer os dois modelos é fundamental para fazer a escolha que mais faz sentido para o seu negócio.

Conforme colocado ao longo do texto, inicialmente, o Recrutamento de TI pode ser mais barato. Porém, muitas companhias optam pela alocação de profissionais de tecnologia por tudo o que está incluso no pacote (custos trabalhistas, infraestrutura e garantia de reposição de talentos).

A percepção de que uma contratação de tecnologia basta para preencher uma vaga já não é algo tão comum no mercado. Empresas com equipe robusta de TI sabem que, ao contratar um profissional para determinada posição, podem receber um pedido de desligamento em pouco tempo. 

O turnover aumentou drasticamente, principalmente para cargos relacionados a tecnologia. Em projetos de Outsourcing de TI, esse desafio é bem atendido, pois, nos contratos, existem garantias de reposição dos profissionais que optarem .

Assim, a Alocação de profissionais de tecnologia acaba sendo uma opção mais barata e que, a cada dia mais, ganha espaço no mercado.

Se está em busca de uma parceira ideal para o Recrutamento de TI terceirizado ou mesmo para o Outsourcing de tecnologia, a UDS pode te ajudar como já fizemos para Ambev Tech, Yamaha, TOTVS, Madero e outras. 

Fale agora com um dos nossos especialistas e conheça o melhor modelo para a sua empresa.

Leave A Reply