Principais tendências de aplicativos mobile em 2021

Criar novas soluções com uma empresa especialista em desenvolvimento de aplicativos tem sido cada vez mais comum em diversos setores. A busca por desenvolver aplicativos Android, iOS e híbridos aumentou, principalmente por causa da demanda por pagamentos e compras.

Os consumidores já gastam 90% do seu tempo em apps, enquanto o uso da web no celular vem diminuindo gradualmente (eMarketer/Mobile Trends 2020). A tendência em 2021 é de crescimento de 19% só no e-commerce, com a entrada de mais de 25% de consumidores online.

Os aplicativos mais baixados e com mais tempo de uso por dia são os das áreas de entretenimento (games, streaming, música) e de compras (shopping, marketplace), conforme esse relatório de tendências da Adjust. A pandemia também esquentou o mercado de aplicativos de cuidados da saúde, de administração de medicamentos e de análises preditivas, como os de condições potencialmente mortais (septicemia, Covid e prevenção de ataques cardíacos).

Alta nos aplicativos para varejo e-commerce e outros setores

A eMarketer calcula que as vendas por e-commerce devem atingir ainda este ano uma taxa estável de 12,8%. No geral, o e-commerce via online, móvel e aplicativo será responsável por 69% do crescimento total das vendas no varejo – a Shopify estima que 54% de todas as suas vendas de comércio eletrônico vão ser por dispositivos móveis em 2021.

As facilidades para compras também estão fervendo com os apps de pagamento do tipo wallet. O valor das transações financeiras virtuais deve chegar a incríveis US $ 13.979 bilhões até 2022.

Cibersegurança para aplicativos ganha destaque

Aplicativos que detectam falhas, golpes, spammers e outras falhas de segurança em smartphones têm também o seu lugar garantido com a alta em investimentos em cibersegurança, as políticas de proteção de dados e leis de privacidade de informações.

A gente destaca ainda que a onda dos beacons segue nas alturas e promete ser um dos principais meios de proximidade entre serviços de varejo e consumidores, com a captura de padrões e preferências de consumo associada ao marketing de experiência. A criatividade aqui é infinita, aliando microações a entretenimento para gerar experiências memoráveis entre a marca e o cliente.

O que mais você pode esperar? Os consumidores são mimados pelo número quase infinito de escolhas e esperam ter experiências altamente relevantes e genuinamente valiosas. É o momento de se apressar na prototipagem, estabilidade e entrega ao mercado, sempre com um olho na concorrência e outro no comportamento do consumidor, pois o tempo de desenvolvimento de aplicativos é cada vez mais curto e o coração do usuário é de quem chega primeiro.

Veja também:

Qual é a importância do Product Discovery para a criação de um produto digital?

Compartilhe com seus amigos!